Todos que já passaram por um relacionamento sob o mesmo teto, ainda que na fase do romantismo inicial, precisou se adaptar às pequenas manias e costumes do outro, porque por mais compatível que seja o casal, sempre haverá diferenças menores, e isso pode ser uma situação um pouco difícil de lidar.

Entretanto, saiba que há algumas técnicas que podem ser adotadas para “treinar” o seu parceiro, seja ele homem ou mulher.

Quando falamos do ponto de vista da mulher, os homens costumam cometer alguns erros clássicos como:

  • pendurar a toalha molhada depois do banho;
  • lembrar do dia do aniversário de casamento;
  • fazer as tarefas domésticas;
  • alcançar um copo de água;
  • etc, etc, etc…

E quando falamos do ponto de vista da homem, costumam ser reclamações constantes deles sobre suas elas, como:

  • discutir a relação o tempo todo;
  • fazer as coisas sempre do jeito “politicamente correto”;
  • assistir a novela ao invés do futebol;
  • o homem nunca pode escolher o filme que vai assistir no cinema;
  • entre outras.

Embora ninguém possa ser absolutamente perfeito, não há nada de mal em utilizar algumas técnicas secretas e que muitas vezes trazem resultados satisfatórios.

Os truques do treinamento

O grande truque aqui é a “moeda de troca“. Nesse contexto você oferece algo que o seu parceiro goste muito, em troca de algo que você quer que ele faça.

casal conversa trocando olhares

Embora através do diálogo, o uso de técnicas predefinidas utilizadas em pessoas pode parecer estranho inicialmente, principalmente pelo uso da palavra “treinar”, e precisamos tomar o cuidado de não constranger aquele em quem as estamos aplicando. Por se tratar do uso de técnicas para a obtenção de um fim pode ser até prejudicial na relação em que esse contexto for colocado. Portanto, é de extrema importância que se leve essa história para um lado mais leve e talvez até cômico para prevenção de efeitos indesejados. Se for necessário, seja sincero.

Dito isso, porém, não desconsidere nenhuma dica, pois são comprovadamente eficazes.

A sinceridade é a base de uma relação de confiança.

Truques para fazer o parceiro “obedecer” mais, e executar aquela tarefa que você quer que ele faça, tornando-o mais participativo:

  • ofereça uma massagem ou um filme que o parceiro mesmo escolher (dentro de uma mesa de opções que você escolheu);
  • ofereça trocar o jantar por uma pizza algum dia ( igual a mais diversão);
  • ou uma noite no cinema sem hora pra acabar;
  • disponha-se a assistir o futebol ou a novela juntos.

É importante deixar claro que a moeda de troca deve ser algo que proporciona um benefício mútuo para o casal, e não se torne um sacrifício para ninguém. O objetivo aqui é fazer com que a outra pessoa perceba suas obrigações e que é assim é mais saudável e proveitoso para o relacionamento.

Portanto, nessa negociação o que importa é que ambas as partes se sintam confortáveis com os termos propostos, sem que se “force a barra” para ninguém.

Ao mesmo tempo, é preciso ser criativo e conhecer bastante dos gostos e preferências do outro, tal como seu comportamento em situações específicas. Afinal de contas, não queremos pisar em ovos, não é mesmo?

Também devemos nos colocar no lugar do outro antes de fazermos exigências sem fim. Lembre-se que um relacionamento é algo mútuo, e precisamos estar em pleno acordo para que ele dê certo.

Sempre leve em consideração que :

  • todos precisamos de um pouco de espaço para respirar um pouco;
  • num relacionamento, o mais importante é a sinceridade, portanto não oprima jamais!
  • Se o seu namoro ou casamento vai bem, esqueça os detalhes. As vezes tentar melhorar pode estragar o que já estava dando certo;
  • devemos respeitar as diferenças um do outro;
  • deve-se evitar brigas em torno de coisas fúteis do dia a dia.

Elogios se estiver certo

Em muitas situações, ao invés de tentar corrigir verbalmente um mau comportamento, devemos deixar passar algumas vezes quando estiver errado e então elogiar quando estiver certo.

Pode ser contra nossos instintos inicialmente, mas essa atitude sob alguém com um mau comportamento é o que dá mais certo, porque elogios são construtivos, elogios são a maneira correta e não irônica de dizer ao seu parceiro que ele está certo naquilo que fez e que deve se manter assim para uma boa fluência da relação.

O mais interessante nessa técnica do elogio é que muitas vezes o parceiro não atina sobre isso. Ele não percebe sua técnica. Ela funciona porque nos sentimos bem com elogios, portanto é algo natural que ocorre no nosso inconsciente e estimula nosso comportamento.

Siga essas dicas e veja quais delas deram certo. Mas não se empolgue, afinal ninguém quer um namorado ou namorada completamente “adestrado”, não é?

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.

www.000webhost.com